Moda Inclusiva: Pluralidade e Sustentabilidade



Algumas ideias de como as marcas de moda inclusiva têm feito.


GARANTIR PLURALIDADE é sustentabilidade!

Hoje temos o prazer de compartilhar uma postagem incrível do Moda Limpa. Acompanhe com a gente: 

Como já disse aqui a @luizanaturalle.É um processo de aprendizado diário que precisa ser intencional, estudado e planejado. Principalmente para quem não vive na pele o que é ser excluído pela sociedade.

Na moda, o design e a comunicação precisam avançar para atender a todas e todos, afinal, pessoas com deficiências visuais, auditivas, física, mentais e/ou motoras EXISTEM e usam roupas também! E querem roupas lindas. Mais do que tudo, essas pessoas têm o direito de poder escolher o que querem usar.O que sua marca pode fazer HOJE para se tornar mais plural??

Trouxemos aqui algumas idéias que já estão rolando por aí e bem fáceis de ser aplicadas, mas sabemos que ainda há muito caminho de pesquisa e teste a ser feito!

🔹 Botões magnéticos!!! Substituindo o botão com caseado convencional. Ou ainda aberturas de velcro ou de pressão, que facilitam a vida de pessoas com dificuldades motoras, autismo, síndrome de down, pessoas com mobilidade reduzida também.

🔹 Roupas com aberturas estratégicas, por exemplo um short com zíper destacável que abre na lateral toda. Assim são acessíveis a pessoas que usam cadeira de rodas ou com outros desafios no vestir. Olha como faz a marca @ariamodainclusiva !



🔹 Etiquetas com informações em relevo com braile trazem mais autonomia para pessoas cegas ou com baixa visão (como é o caso da @equalmodainclusiva). Esse braile pode ser feito com estampa ou com bordados em relevo!

🔹 QR Code! Incluindo essa ferramenta barata e simples em seus tags ou etiquetas é possível disponibilizar informações detalhadas e precisas sobre a peça para pessoas cegas ou de baixa visão.

🔹 Já pensaram como editoriais e desfiles são inacessíveis para pessoas com deficiência visual? Podemos incluir na nossa comunicação informações que não usem apenas imagens, como o uso do texto descritivo e a #ParaCegoVer #ParaTodosVerem. Só no Brasil são mais de 10 milhões de pessoas com alguma deficiência visual.

Fonte: https://www.instagram.com/p/CEjV6eSHhNF/?igshid=1pha6oqy69fzm

Inscreva-se na nossa Newsletter para receber mais notícias sobre moda inclusiva: